Por que Deus nunca chegaria a ser Professor Titular?

1. Ele só tem uma publicação;

2. Sua publicação é plágio de vários outros autores;

3. Esta publicação não foi escrita em inglês, e sim em hebraico;

4. A referida publicação não contém referências bibliográficas;

5. Não tem publicações em revistas indexadas, ou com comissão editorial, ou ainda com pareceristas;

6. Há quem duvide que sua publicação tenha sido escrita por ele mesmo. Em um exame rápido, nota-se a mão de, pelo menos, 11 colaboradores;

7. Há erros metodológicos já na elaboração do primeiro experimento;

8. Talvez tenha criado o mundo. Mas o que tem feito, ou publicado, desde então?

9. Dedicou pouco tempo ao trabalho (apenas 6 dias seguidos);

10. Poucos colaboradores Seus são conhecidos;

11. A comunidade científica tem muita dificuldade em reproduzir Seus resultados;

12. Os resultados de Seus experimentos não tem grupo controle;

13. Os resultados de Seus experimentos tem equivalência a um efeito placebo quando são afirmados como efetivos;

14. Quando os Seus resultados não foram satisfatórios, afogou a população;

15. Se alguém não se comporta como havia predito, elimina-o da amostra;

16. Seu principal colaborador caiu em desgraça ao desejar iniciar uma linha de pesquisa própria;

17. Usa explicações populares e xulas ao invés de tentar utilizar termos mais próximos do racional;

18. Nunca pediu autorização aos Comitês de Ética para trabalhar com seres humanos;

19. Dá poucas aulas e o aluno, para ser aprovado, tem que ler apenas o Seu livro, caracterizando endogenia de idéias;

20. Segundo parece, Seu filho é que ministra Suas aulas;

21. Atua com nepotismo, fazendo com que tratem Seu Filho como se fora Ele mesmo;

22. Ainda que Seu programa básico de curso tenha apenas dez pontos, a maior parte dos Seus alunos é reprovada;

23. Expulsou os Seus dois primeiros orientandos por aprenderem muito;

24. Não teve aulas e nem fez mestrado com PhDeuses;

25. Não defendeu tese de Doutorado ou Livre Docência;

26. Não se submeteu a uma banca de doutores titulares;

27. Não fez proficiência em inglês;

28. Não existe comprovação de participação Sua em bancas examinadoras e de publicação de artigos no exterior;

29. Não tem currículo Lattes disponível. E se tem está fragmentado, impreciso e desatualizado;

30. Além das Suas horas de orientação serem pouco frequentes, atende Seus alunos apenas no cume de uma montanha;

PS: Esse texto é uma piada racionalista. Ignore o seu conteúdo

Adaptado de posgraduando.com

Sobre Gabriel Bassi

Natural de São Paulo, Capital. Formado em Fisioterapia pela USP de Ribeirão Preto, faz mestrado em Psicobiologia na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Faz pesquisas nas áreas de neurologia, imunologia e comportamento animal. Tem interesses (extra-acadêmicos) em pesquisas sobre a evolução cultural, econômica e social de distintos aspectos da religião e da religiosidade nas sociedades.

Publicado em 03/04/2012, em Humor, racionalismo. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

%d blogueiros gostam disto: