Arquivos do Blog

Campanha Desafio 10:23

Nos dias 5 e 6 de fevereiro, manifestantes no mundo inteiro irão encenar “overdoses” homeopáticas no que com certeza será o maior evento organizado pelo movimento cético até hoje.

A demonstração está sendo organizada como parte da campanha 10:23, um protesto global contra a homeopatia que teve início no Reino Unido. Eventos semelhantes acontecerão em dezenas de países ao redor do planeta, com manifestações anunciadas na Inglaterra, Alemanha, Hungria, Austrália e Canadá.

Michael Marshall, coordenador da campanha internacional, explica:

“Nossa intenção é mostrar que existe uma conscientização crescente em todo o mundo do quanto já foi desperdiçado em homeopatia, tanto em tempo quanto em dinheiro. Nos duzentos anos em que esses tratamentos existem, nunca houve uma só evidência de que eles funcionem. E sendo nada além de água e açúcar, é de fato impossível que eles funcionem para qualquer uma das coisas alegadas pelos homeopatas. Dezenas de bilhões de dólares são gastos todos os anos ao redor do mundo nesses remédios ineficazes e, quando se explica do que realmente se tratam e como são feitos, a maioria das pessoas se choca e não acredita que esses tratamentos inúteis continuam a ser vendidos para o público incauto”.

A campanha 10:23 foi lançada há um ano no Reino Unido, onde quase 400 participantes tomaram uma “overdose” em eventos semelhantes ao redor do país após uma das maiores cadeias de farmácias britânicas admitir que vendia as tais pílulas “porque os consumidores compram e não porque elas funcionam”. A campanha foi batizada em homenagem ao número de Avogadro, uma constante científica que pode ser usada para demonstrar que preparações homeopáticas podem não conter absolutamente qualquer resquício de ingrediente ativo.

Apesar de não existir nenhuma evidência em seu favor, dos seus princípios serem baseados em magia e superstição e dos medicamentos não conterem nada além de água ou açúcar, a homeopatia é uma especialidade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina no Brasil. Medicamentos homeopáticos são vendidos prometendo diminuir as chances de contrair dengue e de melhorar os sintomas dessa doença. Casos de sarampo já foram observados em crianças de famílias adeptas à homeopatia que deixaram de imunizar seus filhos com a vacina adequada.

A Sociedade Racionalista USP está planejando organizar uma “overdose” homeopática pública no dia 5 de fevereiro em Ribeirão Preto, em parceria com as que irão ocorrer nas cidades brasileiras de São Paulo, Porto Alegre e Natal. Os detalhes serão divulgados aqui. Participantes devem levar um frasco inteiro do medicamento homeopático que preferir, desde que seja verdadeiramente homeopático, ou seja, uma solução de 3CH por exemplo (consulte a bula).

Update 04/02/2011: Infelizmente a sociedade racionalista usp não conseguiu voluntários para organizar o evento em Ribeirão Preto. Se você deseja participar do protesto mas não está próximo de uma das cidades nas quais demonstrações públicas serão realizadas pode gravar uma “overdose” privada e enviá-la ao YouTube com a tag “ten23”. Homeopatia, é feita de nada!

Update 05/02/2011: Confira a minha voz feminina e minha cara de mané no vídeo da minha “overdose” homeopática privada:

Você sabia que…

-Enquanto filas de espera aumentam e hospitais ficam sem equipamentos o SUS gastou, só em 2008, quase 7 milhões de reais em procedimentos sem a menor validade científica como homeopatia e acupuntura?

-Apesar de o Brasil ser um país laico, a igreja católica recebe inúmeros benefícios indevidos do governo como total isenção fiscal, verbas para ditos ‘serviços sociais’ e manutenção de igrejas, e agora ainda vai poder pregar livremente em escolas públicas?

-As ciências humanas no Brasil, embora fundamentais para o desenvolvimento social do país, são dominadas por uma atitude anti-científica de descaso por evidências, onde predominam teorias ultrapassadas e pseudociências?